Petro de Luanda jogava com feitiço, diz técnico Beto Bianchi


IMG_6509
Segundo conta o treinador Hispano-brasileiro, quando chegou ao Petro de Luanda, lhe foi alertado sobre as práticas de feitiçaria dentro e fora do clube.

Numa entrevista ao jornal espanhol La Verdad, Beto Bianchi contou:

“Ao chegar ao clube avisaram-me que havia algo a que talvez não estivesse habituado. Eram os feiticeiros”.

No relato o treinador explicou que os bruxos estavam por toda a parte.

“…Estavam tanto nos treinos como nos jogos”, a realizar os seus rituais.

“E o problema é que os próprios jogadores acreditam neles “, apontou.

No entanto Bianchi, assegurou que um ano depois da chegada ao futebol angolano, ele dispensou essa “equipa de feiticeiros”.

“Tive de os tirar dos treinos. Foi uma grande luta, mas no dia-a-dia não há feiticeiros”, garante Bianchi, admitindo, porém, que continua a vê-los nas partidas.

“Vão com ossos de animais, fazem fogueiras… É outra cultura”, finalizou.

fonte: Novo jornal


Comentários

Comentários