Trabalhadores da FAF não recebem salários há 13 meses


IMG_1574
Numa entrevista concedida ao programa Futebol no Estúdio, da Rádio Cinco, o novo presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF) Artur de Almeida e Silva, disse estar “extremamente preocupado” com os 13 meses de salários em atraso dos funcionários da FAF.

“Não sabemos como estes buracos financeiros foram feitos”, disse, citado pelo Novo Jornal, garantindo depois que a regularização dos pagamentos é agora uma prioridade.

Artur de Almeida e Silva que substituiu no cargo o general Pedro Neto, foi eleito com 67 votos, derrotando os candidatos José Luís Prata e Osvaldo Jesus.

fonte: rede Angola


Comentários

Comentários